Informações

O Sindicato Nacional dos Tradutores – SINTRA – define que as normas aplicadas a todos os trabalhos de tradução e versão devem ser fundamentadas em cobrança por caractere, por palavra ou por lauda.

O que é uma lauda?

Há muitos conceitos equivocados do senso comum quanto à definição do que é uma LAUDA. O mais comum deles é o entendimento de que uma lauda é uma página do texto original a ser traduzido ou versado.

Porém, tanto o SINTRA quanto as Juntas Comerciais de cada estado da Federação (normatizadoras de traduções juramentadas) possuem um padrão similar para o termo LAUDA. Veja:

A lauda nasceu no jornal. Uma lauda corresponde exatamente a uma coluna impressa no jornal. Era utilíssima quando o linotipista compunha as pranchas para imprimir o jornal. Mais tarde, as editoras de livros começaram a utilizar a lauda na redação e composição de textos porque a lauda equivalia exatamente a uma página de texto impresso nos livros. Com o fim do linotipista e o advento do computador, muitos dos termos utilizados ficaram obsoletos.

Enfim, a lauda de jornal e editora (papel “tamanho ofício”) tem tradicionalmente, de 30 a 32 linhas com até 72 caracteres (um “caractere” – termo usado em computação e legendagem de filmes, além das áreas de que estamos tratando – é qualquer letra, símbolo ou espaço digitado).

TERMOS:

Toque – Um toque é cada vez que o dedo do datilógrafo e/ou digitador encosta no teclado, inclusive para dar espaços.

“Caractere” – Neste contexto, o termo “caractere” tem o mesmo significado, embora seja mais usado em informática. Assim sendo, cada letra, símbolo ou espaço digitados ou datilografados em um texto constituem um “toque” ou um “caractere”.

Lauda – A lauda é a folha de papel digitada ou datilografada pelo tradutor, pelo repórter, jornalista ou autor.

Tamanho da lauda – Para se saber o tamanho da lauda é preciso saber quantos toques ou caracteres tem cada linha e multiplicar este número pelo número de linhas que vai se usar na página. Nos dias de hoje, utiliza-se, profissionalmente, para traduções e outras finalidades, o papel “tamanho A4″. Usando-se o “espaço duplo” para digitar/datilografar, cabem mais ou menos 25 linhas de texto nesta folha de papel. O número de caracteres ou toques vai variar, dependendo do tamanho da letra (ou “fonte”), porém o padrão de fonte comumente seguido é a ARIAL ou TIMES NEW ROMAN. Assim, o texto final (tradução ou versão) geralmente terá cerca de 2,5 vezes em LAUDAS o número de PÁGINAS do texto original.

Tipos de lauda

Tradução literária: 30 linhas com até 70 toques (ou caracteres)
30 linhas x 70 toques (ou caracteres) = 2.100 toques (ou caracteres)

Tradução juramentada: lauda padronizada
25 linhas x 50 toques (ou caracteres) = 1.250 toques (ou caracteres)

Cobrança por toques (ou caracteres)
Com o computador, ficou mais fácil cobrar o serviço de tradução por “caracteres”, contados com ou sem espaço, já que o computador calcula isto automaticamente.

Número de caracteres de um texto

Para quem utiliza Microsoft Word:

1. Clicar em Ferramentas, na Barra de Ferramentas, com o botão da esquerda do mouse.
2. Quando cair uma caixa de diálogo, clicar em Contar palavras…
3. Uma caixa de diálogo irá se abrir indicando a resposta.

Fonte: www.sintra.org.br

Blog: últimos posts

»When Did Americans Lose Their British Accents?

»Instruction videos teaching more than English on YouTube

»Using Feelings And Senses To Learn Foreign Languages

»Indiana Jones and The Power of Linguistics

»Galaor no Jornal de Piracicaba

»Entrevista com Josje Zuurbier

»A identidade do professor de inglês

»Diversidade do Reino Unido

»English Next – O Futuro do Inglês?

»Entenda o que é Lingua Franca